terça-feira, 8 de junho de 2010

Refletindo sobre leitura

“Cada livro, cada página, frase ou palavra é uma chave para o conhecimento. Portanto, estimular alguém a exercer o prazer de ler é estimulá-lo a se emocionar e a descobrir novas idéias.”
(Martinéz, 1998)


O que é ler?


Ler é uma atividade significativa e essencial ao ser humano. O ato de ler permite a pessoa criar e recriar situações corriqueiras, que, quando passadas para o papel em forma de escrita, contemplam toda a sua grandeza e significado no aprendizado.
A leitura proporciona momento em que se descobre a beleza de poder adentrar em mundos diferentes como um passe de mágica, deixando um pé no mundo real e o outro no mundo da ficção.
Ler é exercitar os olhos e a mente, a memória e a imaginação, a nossa capacidade de falar e escrever.
A leitura é um meio que deve nos permitir fazer algo concreto.


Para que ler?
É interessante ler para obter uma informação precisa, ou seja, quando pretendemos localizar algum dado que nos interessa.
Também, ler para seguir instruções, seja para obter as instruções de um jogo, as regras de uso de um determinado aparelho, a receita de uma torta, as orientações para participar de uma oficina de experiências, etc.
Ler para obter uma informação de caráter geral. Esta leitura fazemos quando queremos saber de que trata um texto, saber o que acontece, ver se interessa continuar lendo.Lemos pra aprender quando a finalidade consiste de forma explícita em ampliar os conhecimentos de que dispomos a partir da leitura de um texto determinado.
São vários os motivos que nos leva a ler, mas digo, que ler somente, não será suficiente para atender as necessidades do próprio individuo, pois o que mais interessa é a interpretação do que é lido.
Só quando há compreensão dentro de um contexto e uma clara interpretação do que foi lido, aí, sim, podemos considerar que houve uma leitura e que estamos diante de uma leitor de verdade.

Um comentário:

Unknown disse...

NOVO OLHAR SOBRE A MATEMÁTICA, Jornal Beira do Rio, UFPA, Abril 2011,
www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2011/124-edicao-93--abril/1189-novo-olhar-sobre-a-matematica

MÁRIO SERRA - ENGENHEIRO, MATEMÁTICO E AMAZÔNIDA, Jornal Beira do Rio, UFPA, Ano XXVIII Nº 120. Agosto e Setembro de 2014,
http://www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2014/152-2014-08-01-17-25-17/1618-2014-08-04-14-34-28

RENATO PINHEIRO CONDURÚ (Belém-Pa, 25/08/1926 - 23/06/1974), ENGENHEIRO-MATEMÁTICO PARAENSE: INDO DO GUAMÁ ALÉM DO VAL DE CÃES ( solicite por e-mail: jbn@ufpa.br)

ALGUMAS MULHERES DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA E QUESTÃO DE GÊNERO EM C & T.
http://sitiodascorujas.blogspot.com.br/2013/06/mulheres-na-matematica.html

CONSTANTINO MENEZES DE BARROS I - MATEMÁTICO QUE LIGA O PARÁ/BR AOS MAIORES CENTROS DO MUNDO E COMPARÁVEL AOS GRANDES ÍCONES DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA (II a V não publicados, disponível por e-mail), (Óbidos-Pa, 19/08/1931, Rio de Janeiro-RJ, 06/03/1983), Ex-Docente UFF e UFRJ,
www.chupaosso.com.br/index.php/obidos/educacao/2149-vida-e-obra-de-constantino-menezes-de-barros

PROFESSORA SANTANA: Candidata a Melhor Docente do Ensino Básico Paraense, Blog Chupa Osso, 23 Junho 2013, www.chupaosso.com.br/index.php/obidos/educacao/2453-proessora-santana-candidata-a-melhor-docente-do-ensino-basico-paraense

SABER MATEMÁTICO E CULTURA INDÍGENA, blogue da AICL, 20 de Setembro de 2011,
http://coloquioslusofonia.blogspot.com.br/2011/09/saber-matematico-e-cultura-indigena.html

PAIRÉ CAMETAENSE: UMA BELA OBRA EM MATEMÁTICA E ENGENHARIA (não publicado, disponível por e-mail: jbn@ufpa.br)

CONHEÇA MARIA LAURA MOUZINHO LEITE LOPES, UMA DAS PRIMEIRAS DOUTORAS EM MATEMÁTICA DO BRASIL!,
http://encontrodejovenscientistas.com/2015/02/02/conheca-maria-laura-mouzinho-leite-lopes-uma-das-primeiras-doutoras-em-matematica-do-brasil/

NASCIMENTO, J.B., GOMES, S.C. L., MAGNO, C. S. E MOREIRA, A. M. S. , CICLOIDE E BRAQUISTÓCRONA, www.sobralmatematica.org/preprints/preprint_2015_01.pdf, acesso fev/15